Suspeito de se passar por funcionário da Receita Federal para aplicar golpes é preso

Um homem identificado como Francisco de Assis e Silva, 54 anos, foi preso nesta quarta-feira (27), na Zona Sul de Teresina, suspeito de se passar por funcionário da Receita Federal para aplicar golpes. Segundo as investigações, o suspeito fingia interesse na compra de imóveis que estavam à venda e fazia acordos financeiros envolvendo a compra.

De acordo com a Polícia Civil, dezenas de vítimas registraram boletins de ocorrência contra o suspeito. Algumas das denúncias foram feitas no 8º e 24º DPs, na Zona Sudeste de Teresina.

Vítimas procuraram o 24º Distrito Policial de Teresina, na Zona Sudeste da capital — Foto: Lucas Marreiros/G1Vítimas procuraram o 24º Distrito Policial de Teresina, na Zona Sudeste da capital — Foto: Lucas Marreiros/G1

Algumas vítimas relataram à polícia que Francisco de Assis perguntava sobre a situação do IPTU e registro dos imóveis e que, em caso de alguma pendência, se oferecia para resolver a situação de forma mais rápida, alegando ter contatos que poderiam agilizar a resolução das pendências. O suspeito também demonstrava ter interesse em adquirir o imóvel.

Conforme a polícia, ele pedia um valor inferior ao total e dizia que iria completar a quantia, mas acabava ficando com o dinheiro da vítima e em seguida, desaparecia.

Nesta quarta-feira (27), a polícia deu cumprimento ao um mandado de prisão preventiva por estelionato contra o suspeito. A ordem judicial foi expedida em 2009 pela 1ª Vara Criminal de Teresina e até então não havia sido cumprida.

Francisco de Assis ficará à disposição da Justiça enquanto a Polícia Civil conclui a investigação e, caso os indícios apontem para sua autoria, ele pode ser indiciado por estelionato. Após o inquérito, o Ministério Público deve oferecer a denúncia à Justiça, que vai julgar e decidir sobre a condenação.

Fonte: G1PI

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui