Suspeito de assalto a bancos em Campo Maior invade casa e faz família refém durante fuga

Mais um suspeito de fazer parte do grupo responsável pelo roubo de duas agências bancárias de Campo Maior foi preso na madrugada desta segunda-feira (6). O homem foi preso em uma barreira policial na divisa dos estados Piauí e Ceará após invadir a casa de uma família e obrigar o pai a dirigir até o estado vizinho. Com esta prisão, sobe para seis o número de presos suspeitos pelo crime. Oito suspeitos foram mortos em confronto com a polícia.

Segundo a Polícia, o suspeito invadiu a casa de uma família na cidade de Cocal. Na casa, estavam um casal e seus dois filhos. Armado com um fuzil, o suspeito se alimentou e trocou suas roupas por roupas da vítima. Após ameaçar a família, ele fez o pai de refém e o obrigou a dirigir o próprio carro até o estado do Ceará.

Com o refém, o suspeito conseguiu ultrapassar o cerco à Cocal que havia sido montado pela Polícia. “Ele tomou esse carro de assalto e a gente avisou para a barreira do estado do Ceará, e lá em Chaval ele foi pego”, contou o secretário de segurança Fábio Abreu.

Suspeito de participar de assalto a bancos em Campo Maior (PI) usou fuzil para render família — Foto: Wendell Veras

Suspeito de participar de assalto a bancos em Campo Maior (PI) usou fuzil para render família — Foto: Wendell Veras

O suspeito foi identificado como Pedro Henrique de Oliveira Moura, natural do estado de Uberlândia, Minas Gerais. Segundo a Secretaria de Segurança, o suspeito portava um documento o falso.

Os policiais apreenderam com ele o fuzil que havia sido usado para render o casal. Com esta prisão, sobe para seis o número de presos suspeitos pelo crime. Oito suspeitos foram mortos em confronto com a polícia.

Fonte: G1PI por Lorena Linhares, estagiária sob supervisão de Andrê Nascimento

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui