Qualificação gratuita contribui para autonomia financeira das mulheres

Mais que qualificar, oferecer oportunidade de autonomia financeira e desenvolvimento pessoal. Os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz buscam fazer com que as mulheres teresinenses vejam sua importância na sociedade, que saibam das suas capacidades, dos seus direitos. Com os cursos gratuitos de profissionalização elas tem a chance de aprender uma profissão, se inserir no mercado de trabalho formal ou desenvolver atividades autônomas que favorecem o empreendedorismo e autonomia produtiva.

“Aos poucos fui montando meu negócio e hoje tenho uma clientela fixa e fiel. Às vezes o salão está tão lotado que eu tenho que dispensar pessoas. É justamente por isso que futuramente pretendo ampliar o espaço e poder dar mais conforto para as minhas clientes. Quero cada vez mais me aperfeiçoar, me atualizar e seguir realizando meus sonhos pessoais e profissionais”, conta Maria de Fátima Oliveira, que em 2018 realizou o curso de Corte de cabelo e Escova realizado no Centro de Capacitação do bairro Matadouro, na zona Norte de Teresina.

Já na área de área de artesanato, Lucia Coimbra, que realizou o curso de Bolsa Artesanal na Vila da Paz, tem trajetória baseada em muito trabalho e empreendedorismo. Hoje, Lúcia comercializa seus produtos em feiras de artesanato e também faz das redes sociais e aplicativos seus aliados na hora de garantir suas vendas. “Eu já costurava, mas meu primeiro contato com as bolsas artesanais foi mesmo através do curso oferecido pela FWF. Foi o pontapé inicial que eu precisava para desenvolver minhas habilidades e passar a construir as peças. Hoje produzo porta celular, estojos, mochilas e bolsas para notebook”, conta.

“Além da profissionalização nós também buscamos realizar o empoderamento das mulheres através do processo de desenvolvimento pessoal e profissional de autoconfiança e elevação da autoestima. Tudo isso tem repercutido no resultado final que a gente tem alcançado. É uma formação profissional que vai além da qualificação e oportuniza cidadania com foco na igualdade de gênero e autonomia da mulher teresinense”, pontua a superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), a Fundação Wall Ferraz também desenvolve o Profissionalizar Mulher. Voltado exclusivamente para o público feminino, o projeto já qualificou mais de mil mulheres para o mercado de trabalho nas áreas de alimentação, artesanato, beleza e estética, construção civil e mídias digitais. Além da qualificação profissional, as mulheres atendidas pelo projeto participam de rodas de diálogo sobre desenvolvimento pessoal, gênero, empoderamento feminino, empreendedorismo e inteligência emocional, realizadas pela SMPM.

 

 

 

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui