Polícia prende em Canto Buriti suspeitos de matar PM e filho em SP

A Polícia Civil do Piauí prendeu nesta quinta-feira (31) uma dupla suspeita de envolvimento no latrocínio de um policial militar aposentado de São Paulo. Identificados como Matheus da Silva Andrade e Anderson Barboza da Silva, eles foram encontrados em um ponto de venda de drogas na cidade de Buriti dos Lopes. Os dois tinham mandados de prisão em aberto.

O crime aconteceu em 19 de outubro de 2018 e além de tirarem a vida do PM, os suspeitos mataram também seu filho e atiraram contra a sogra do rapaz. O delegado Daniell Pires, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) deu detalhes da dinâmica do ocorrido.

Da esquerda da para a direita: Mateus Andrade, Anderson Barboza e Paulo Gil Viera, este último preso por tráfico (Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí)

“O filho do PM era taxista e estava no carro com o pai e sua sogra. Eles foram abordados por cinco pessoas e o filho entrou em luta corporal com um dos criminosos. Nisso, ele foi atingido com dois disparos na cabeça. Então os suspeitos entraram no carro e fugiram com as vítimas dentro, mas quatro quarteirões depois, eles descobriram que havia um PM aposentado ali e atiraram na cabeça dele”, conta o delegado.

O corpo do PM foi empurrado do carro em movimento e a sogra do filho do policial foi alvejada com um tiro no abdômen logo depois, mas tendo sido socorrida a tempo, conseguiu resistir. Pela dinâmica do crime, Mateus e Anderson foram acusados de duplo latrocínio (roubo seguido de morte) e uma tentativa de latrocínio.

A polícia prendeu também uma terceira pessoa que estava na companhia da dupla na boca de fumo em Canto do Buriti. Trata-se de Paulo Gil Sousa Vieira da Silva, que foi enquadrado pelo crime de tráfico de drogas. Os policiais agora tentam entender qual a ligação que os criminosos de São Paulo têm com o municípios piauiense, já que, segundo o delegado Daniell, eles não possuem parentes nem contatos na cidade. A polícia credita que eles tenham chegado a Canto do Buriti por indicação de alguém.

Mateus, Anderson e Paulo Gil foram encaminhados para a sede do Greco em Teresina para os encaminhamentos legais do processo.

Ponte: Portalodia.com / Maria Clara Estrêla

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui