Mais jovem a morrer por Covid-19 no Rio, estudante sonhava em ser médica

A jovem Kamilly Ribeiro, de 17 anos, morreu vítima da Covid-19 após ficar 20 dias internada na UTI do Hospital Moacir do Carmo, em Duque de Caxias/RJ. Ela foi testada ainda em março, mas o resultado demorou nove dias para ser concluído. As informações são do jornal Extra.

Segundo publicação, a adolescente não tinha doenças preexistentes e deu entrada no hospital com sua mãe. Kamilly foi levada para o CTI no mesmo dia.

 As redes sociais da jovem foram inundadas de depoimentos de amigos e parentes. Neles, eles contam que Kamilly sonhava virar médica.

Antes de ser diagnosticada, Kamilly pediu para os amigos e familiares respeitarem o isolamento social.

A adolescente estudava no Colégio Estadual Barão de Mauá, em Xerém. Estudiosa e religiosa, iria tentar fazer a prova do Enem este ano para uma faculdade de Medicina.

Após ser diagnosticada, ela chegou a mandar uma mensagem para uma amiga pedindo que orassem por ela.


    Reprodução

Fonte: 180Graus

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui