Lagoa do Sítio – foi contemplada com projeto Defensoria Pública Para Todos 

O município de Lagoa do Sítio recebeu na manhã desta quinta-feira (11) de julho, a visita da Dra. Tarcijany Linhares, chefe da defensoria Pública Federal do Estado Piaui, ocasião que em solenidade na Câmara dos Vereadores, foi feito o lançamento do “Projeto Defensoria Pulica para Todos” no.

A Prefeitura Municipal (prefeito Antônio Ditoso) disponibilizou toda logística necessária, para a implantação do projeto e o bom atendimento que irá beneficiar toda população, inclusive, com carros saindo das localidades da zona rural, alimentação e os profissionais necessários para o apoio, e o que mais for preciso e estiver ao seu alcance.

O projeto “Defensoria Pública Para Todos” garante a assistência jurídica às pessoas necessitadas, o projeto será executado em Lagoa do Sítio de (16 a 21) de setembro. As pessoas que se enquadram no projeto, são aquelas que ganham até R$ 2.000,00 (dois mil reais) mês, será prestado assistência gratuita nas áreas da saúde, Educação e previdência social que envolve conflitos.

Segundo a Drª. Tarcijany Linhares, no Piaui são 08 (oito) Defensores da União e servidores. Em Lagoa do Sítio será oferecido os serviços de assistência gratuita nas áreas que envolve pensão alimentícia, divorcio, retificação de registro de nascimento, ações relacionadas a conflitos de terras, na área da saúde: medicamentos de alto custo, cirurgias de alto risco, planos de saúde, internações em UTI, aquisição de próteses entre outros.

Na educação serão realizadas ações de renegociações de dívidas junto as universidades e programas e demais ações referentes a Universidade Pública Estadual, Federal ou particular, também ações referentes a Previdência Social (benefícios negados, atrasados…).

As ações serão desenvolvidas no prédio da Câmara de Vereadores de Lagoa do Sítio, localizada na avenida Mundim Ferreira, bairro Piçarra.

A Prefeitura Municipal (prefeito Antônio Ditoso) disponibilizou toda logística necessária, para o bom atendimento da população, inclusive carros saindo das localidades da zona rural, alimentação e os profissionais necessários para o apoio, e o que mais for preciso e estiver ao seu alcance.

Fotos; Alderi Sousa

Fonte: Lagoa Online

 

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui