Estudo sul-coreano mostra sucesso da hidroxicloroquina em pacientes.

Pesquisadores da Coreia do Sul publicaram um estudo que observou a resposta ao tratamento farmacológico de COVID-19. O estudo mostra o sucesso do uso da hidroxicloroquina em pacientes com sintomas leves e moderados, comparando com outros tipos de tratamentos.

O pre-print do estudo, que não foi certificado pela revisão por pares, foi publicado no  medrxiv  em 18 de maio de 2020, e está disponível (em Inglês).

Os autores do estudo são afiliados à Faculdade de Medicina da Universidade da Coreia em Seul; Faculdade de Medicina da Universidade de Busan; Hospital Daegu, Centro de Saúde Pública em Wando e de Bukha, em Jangseong; Departamento de Farmacologia da Universidade Nacional Pusan; Faculdade de Medicina de Yangsan; Centro de Pesquisa em Gene e Terapia Celular para Doenças Associadas da Faculdade de Medicina, da Universidade Nacional de Pusan, em Yangsan; Departamento de Urologia da Universidade da Coreia; e Faculdade de Medicina da Universidade de Ajou, em Suwon.

Segundo os pesquisadores do estudo, atualmente, não existe consenso ou diretriz baseada em evidências para terapia farmacológica contra a COVID-19. Embora a Coreia do Sul tenha sido relativamente bem-sucedida no gerenciamento da pandemia, seu gerenciamento de casos confirmados e resultados de tratamento não foram relatados até o momento.

Métodos

Os pesquisadores realizaram um estudo de coorte retrospectivo de 358 pacientes com SARS-CoV-2 – ou COVID-19 – confirmados em laboratório. Desses pacientes, 270 pacientes adultos preencheram os critérios de inclusão e foram incluídos em suas análises.

Os desfechos primários foram tempo para liberação viral e melhora clínica. A duração média da depuração viral e melhorias clínicas foram exibidas como gráficos de barras para visualizar as respostas ao tratamento.

CloroquinaCloroquina

Fonte: Folha da Região / conexão politica

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui