Estado do Piauí está sob alerta para tempestade de raios e vendaval

O Estado do Piauí se encontra sob alerta devido ao risco de vendavais e tempestades de raios, conforme aponta o Centro de Previsão e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

De acordo com os dados do monitoramento, os 224 municípios do Piauí podem passar por transtornos nas próximas 48 horas. Entre os fenômenos estão incluídas pancadas de chuvas intensas, acompanhadas de raios, trovões e rajadas de vento.

Fotos: Lucas Dias/GP1Draga as margens do Rio PotiDraga as margens do Rio Poti

Aumento dos rios

Devido às fortes chuvas em Teresina e outros municípios do Piauí, o Rio Poti atingiu uma cota de oito metros, conforme a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). Com isso, a região Norte do Piauí está em alerta.

O Rio Parnaíba também apresenta situação semelhante, com nível de atenção e está sendo monitorado pela Defesa Civil. De acordo com a CPRM, a região do município de Luzilândia que é abrangida pelo Rio Parnaíba também está em estado de atenção.

Estado do Piauí está sob alerta para tempestade de raios e vendaval

Estado de Emergência em Teresina

O prefeito Firmino Filho assinou, nesta quinta-feira (04), documento que decreta estado de emergência em Teresina por conta das intensas chuvas que têm caído nas últimas semanas. O decreto vai dar maior agilidade burocrática em relação as ações que as Sdus e Defesa Civil possam fazer.

“Nós temos um inverno intenso e longo, começou forte já no mês de dezembro e nós estamos entrando no mês de abril, que esperamos que seja o último mês desse inverno intenso”, afirmou Firmino.

Estado de Emergência em 8 cidades

O deputado estadual Franzé Silva (PT) pediu, nesta quinta-feira (04), que a Defesa Civil do Estado do Piauí, apresente na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) um relatório sobre municípios que são abrangidos pelos rios Poti e Parnaíba, que tiveram aumento nos níveis devido às fortes chuvas que ocorreram no estado.

De acordo com o deputado, o relatório é uma questão de precaução, devido à oito municípios decretaram emergência, sendo eles: Lagoa Alegre; José de Freitas; Campo Largo; São João do Arraial; Capitão de Campos; Parnaíba; Luís Correia e Ilha Grande.

Parnaíba

Em entrevista ao GP1 nesta quinta-feira (4), o comandante do Corpo de Bombeiros de Parnaíba, major Rivelino Moura revelou que o número de famílias desabrigadas aumentou no município. Até a terça-feira, 26 de março, 110 famílias haviam sido retiradas de suas casas, por conta dos alagamentos oriundos do grande acúmulo de chuvas, e agora são 154.

O número foi registrado pela Prefeitura Municipal de Parnaíba, nesses casos, as famílias são resgatadas pelo Corpo de Bombeiros e em seguida encaminhadas para o serviço social do município, “A Prefeitura da cidade informou que já são 154 famílias desabrigadas. Nesses casos, o Corpo de Bombeiros realiza o resgaste e a remoção e entrega para o serviço social do município”, informou.

Fonte: Cidadesnanet por GP1

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui