Doze barragens do Piauí passam por manutenção preventiva

Doze das 25 grandes barragens do Piauí estão em manutenção preventiva, segundo o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Algumas estão com limite máximo de acumulo de água, mas segundo o coordenador do Dnocs Djalma Policarpo, não há riscos de rompimento de nenhuma barragem e a cheia é comemorada em regiões do semiárido.

O coordenador do Dnocs informou que os açudes de Pio IX e de Piripiri estão com obras licitadas e iniciadas. O açude Caldeirão, em Piripiri, um dos maiores do Piauí, é um dos que inspiram preocupação dos moradores, mas o Dnocs tranquiliza:

“Segundo nosso corpo técnico de engenharia, não há nenhum perigo de rompimento iminente. Então, nós queremos tranquilizar a população de Piripiri, que apesar de requer cuidados, estamos tranquilos em relação ao açude de Caldeirão e outros”, disse Djalma Policarpo.

Açude Caldeirão em Piripiri, Norte do Piauí — Foto: Patrícia Andrade/G1

Açude Caldeirão em Piripiri, Norte do Piauí — Foto: Patrícia Andrade/G1

Alem deste, o coordenador afirma que todos os reservatórios construídos pelo Dnocs passarão por manutenção preventiva em 2019. Ainda segundo o coordenador, apesar da preocupação, os reservatórios cheios são motivo de comemoração para a população do semiárido do Piauí.

“No geral é muito bom ter os reservatórios com recargas, por que quando começa período de estiagem, de seca, a gente tem uma segurança hídrica para a população para os próximos anos. Ânimo para agricultores e para cidades que dependem do abastecimento d’água”, disse.

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui