Covid-19: Prefeitura de Teresina abastece 10 UBSs com hidroxicloroquina

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou, nesta sexta-feira (15), que dez Unidades Básicas de (UBSs) que tratam exclusivamente de casos de Covid-19, foram abastecidas com azitromicina e hidroxicloroquina. O objetivo será seguir o mesmo protocolo usado na cidade de Floriano para tratar pessoas contaminadas com a doença.

Vale destacar que esse mesmo protocolo já vinha sendo adotado no Hospital do Monte Castelo, sob orientação da diretora clínica da unidade, a médica Ana Tecla Andrade Correia Lima.

O diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista lembrou que o município dispõe de 19 UBSs e que destas, dez são para infectados com Covid-19 e as outras para tratar das demais Síndromes Gripais. “Nós temos atualmente 19 Unidades Básicas de Saúde que são exclusivas para Síndromes Gripais. Todas as dez [que tratam da Covid-19], estão abastecidas com azitromicina e hidroxicloroquina, conforme o protocolo do Município que foi assinado pelo COE”, disse ele.

“Dessas 19, hoje (15), sábado (16) e domingo (19), abrirão dez unidades e todas elas já estão abastecidas com hidroxicloroquina e com azitromicina. Sendo também que essas dez, possuem eletrocardiograma, para que o médico possa fazer a leitura do intervalo QP e garantir a precisão segura da hidroxicloroquina”, explicou Kledson.

Dez UBSs

1.UBS Portal da Alegria (Sul)

2. UBS Irmã Dulce (Sul)

3 UBS Todos os Santos (Sudeste)

4. UBS Novo Horizonte (Sudeste)

5. UBS Dagmar Mazza (Sul)

6. UBS Poty Velho (Norte)

7. UBS Santa Maria da Codipi (Norte)

8 UBS Taquari (Leste)

9. UBS Planalto Uruguai (Leste)

10. UBS Cidade Jardim (Leste)

Ministra da Mulher

Cabe destacar que nessa quinta-feira (14), a ministra da Mulher, Damares Alves, visitou o Hospital Regional Tibério Nunes, de Floriano para conhecer de perto o protocolo que consiste no uso da hidroxicloroquina e azitromicina em pacientes com coronavírus ainda no início da doença.

O método começou a ser usado após troca de experiências entre a médica Marina Bucar e o corpo médico do Hospital Tibério Nunes, em parceria com Secretaria de Saúde.

A ministra elogiou e disse que esse protocolo será usado em todo Brasil. “A viagem foi extraordinária, saímos de lá impactados com o combate ao coronavírus, nós recebemos o protocolo e estamos levando para divulgarmos ao máximo, pois o resultado é inquestionável, não tem o que se perguntar, lá está dando certo e aqui em Teresina os hospitais já estão aplicando e também estão tendo resultados positivos. Esse protocolo já saiu de Floriano e vai ser adotado no Brasil inteiro, já tem uns médicos adotando”, disse.

Imagem: DivulgaçãoImagem: Divulgação

Fonte: Canal 121 / informações do GP1

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui