Greve na STRANS segue até o sábado do Corso

0
30

A paralisação dos agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Teresina (STRANS), iniciada nesta quinta-feira (01), continuará até sábado (03), envolvendo também o serviço durante o Corso de Teresina.  Em Assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (02), o setor encaminhou a continuidade do movimento que terá dois atos. O primeiro será na sexta, a partir das 8h, em frente ao Palácio da Cidade, e no sábado, a partir de 7h, na sede da STRANS.

Havia a expectativa da apresentação de uma contraproposta por parte da gestão municipal à pauta apresentada pela categoria no tocante ao projeto de Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), em negociação desde o ano passado. Mais uma vez não houve manifestação de contraproposta, além de outras demandas que os agentes reivindicam como reajuste salarial e melhorias nas condições de trabalho. Uma nova reunião ficou marcada para quarta-feira, dia 7.

Para implantação do PCCS é necessário que a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) encaminhe um projeto para a Câmara Municipal. Uma greve de 48 horas foi realizada nos dias 17 e 18 de janeiro, e esta paralisação de 72 horas até o dia 3 de fevereiro é mais um alerta aprovado pelo setor de agentes de trânsito e pelo Sindicato dos(as) Servidores(as) Públicos(as) Municipais de Teresina (SINDSERM).

Há o indicativo de novas paralisações caso não ocorra avanço nas negociações. Enquanto isso, os 30% assegurados em lei devem realizar os serviços de fiscalização e orientação pelo cumprimento das normas de trânsito na capital.

A Revisão Geral Anual dos Salários, uma das demandas já protocoladas em ofício pelo SINDSERM, é prevista pelo artigo 37 da Constituição Federal, e inclui os 143 agentes de trânsito em atuação no município.

Comentários no Facebook